quinta-feira, 11 de junho de 2009

Minha família não deveria comprar....

Olá! Minha família, ao invés de me ajudar e ajudar a eles mesmos, não! Compram tudo que é de ruim para a alimentação, ou não compram nada, absolutamente NADA! Para facilitar um pouco mais o processo de engordamento, a empregada aqui de casa faz tudo errado, cozinha que é uma beleza, mas, de tudo que engorda! Não quero parecer uma louca varrida, mas, é verdade! As pessoas não se importam com a disposição delas mesmas, nem com a dos outros! Se recusam a enxergar, a mudarem o padrão, querem se entupir de remédios para prisão de ventre, pressão alta, diabetes, mas, pouquíssimos querem mudar de verdade a alimentação, não é? Se ao menos isso não me afundasse, nem me levasse para o buraco, tudo ok! Mas, isso ajuda a acabar com a minha determinação, chega a ver que não terei nenhum futuro assim!! O que eu faço? Bjos!

3 comentários:

  1. Oi!

    Veja só. Tem um velho ditado que diz que antes de mudar o mundo, você precisa mudar você mesma.

    Sobre sua empregada. Esse é o caso mais fácil, porque é só você chegar e pedir que ela tem que fazer. Então peça com antecedência uma salada assim-assim-assado. E ela se vira pra fazer. Simples, imagino.

    Sobre sua família. Não importa o que você vai fazer, eles vão todos ser contra. E ponto final! Você que tem que se adequar, porque é você que está querendo emagrecer. As outras pessoas que estão na sua casa não querem emagrecer, certo!? Então, deixe-os com a rotina que eles já tem.

    Vai ser difícil, vai ser tentador ve-los comendo. Mas quem tem que mudar é você. Mesmo porque o mundo inteiro é repleto de tentações, pode ligar a TV para ver.

    Sobre método. Não têm escapatória: comer menos, malhar mais.

    Agora, pra isso você pode adotar uma infinidades de técnicas. Eu recomendo sempre o método das Calorias Inteligentes, método da USP. Porque eu acho que é o mais eficiente. Mas, se vc vai contar bolinhas, pontos, carneirinhos, não importa. O que importa é que você vai ter que parar de comer tanta bobagem, passar a comer mais frutas, legumes, verduras, integrais e proteína magra.

    E, quem melhro do que uma engenheira de alimentos pra saber o que é melhor pra emagrecer, não!?

    Lembrando que cada um tem o seu ponto ótimo entre comer e malhar. E não é ficando de jejum que vc vai conseguir mais rápido.

    Ah! Falando em rapidez. Você já tem metas? Objetivos concretos!?

    Vou te acompanhar, só pra ver de perto como está sendo seu início. Ah! E formar é a melhro coisa que pode acontecer com uma pessoa =D

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. oi flor! o jeito é resistir... mas vc consegue! com o tempo eles começam se conscientizar tb!
    bjsssss

    ResponderExcluir
  3. Sabe que vc tem razão mesmo do que vc me escreveu, não vou me importar mais, ja que ele não quer ajuda eu não tenho o que fazer mesmo, mas eu penso assim: se ele morrer tudo bem, passou, é claro que a familia vai sofre né,mas se ele tem um derrame e fica com sequelas pelo resto da vida sem poder trabalhar, pescar... fazer as coisas q ele gosta concerteza vamos sofrer muito mais... isto realmente é um problema...
    Nem me fale nesta da familia não nos ajudar a comer coisas saudaveis, agora que eu realmente estou de regime a minha mãe fica fazendo coisas deliciosas para eu comer, e acabo não comendo, pois minha força de vontade é maior do que isto, e o pior qdo meu pai não quer q eu saia de casa, ele vai correndo comprar pizza, lnches, coisas que eu adoro só pra eu não sair, ai é que eu saio correndo...

    bjo0o

    ResponderExcluir